La Terre

em Dança/Vídeos por
“Insana, opto por cultuar os deuses que se expressam através das mais estranhas contorções, dos gestos mais suspeitos, de visagens e meneios, de magia negra… Que desprendem seus corpos e espíritos, e sendo consumidos pelo fogo, acabam falando muito mais com o corpo, do que com a boca. Que abrem as fissuras da terra e entram em comunicação carnal com ela…”
 
La Terre é como se denomina o projeto experimental de videodança realizado por Hölle Carogne, em parceria com Felipe De Marchi. Neste trabalho, a bailarina interpreta o elemento Terra e aborda conceitos como nascimento, morte e conhecimento do que está oculto dentro de nós.
 
A ideia surgiu da identificação da bailarina com este elemento da natureza e da necessidade de buscar uma forma de expressão que ultrapassasse as barreiras estéticas convencionais da Dança Tribal. As cenas utilizadas foram originalmente gravadas para a videodança Elementarium, onde a bailarina interpreta o mesmo personagem (a terra).
 
Palavras da bailarina sobre seu personagem: “O que mais me encanta no elemento Terra é o fato de saber e sentir, que é através dela que surge a vida e ocorre a morte. Desde sempre me senti extremamente ligada com o nascimento e, principalmente, com a morte dos seres. Com a simples organicidade das coisas. Desde sempre me vi como uma mulher ramada, cheia de musgo e lama pelo corpo nu, cujos ossos e dentes são mais reais do qualquer pensamento ou ideia. Enraizada, completamente enraizada, ligada à algum tipo de conceito oculto, que se estende através das minhas raízes. Que se esconde em algum canto obscuro da Terra, e aguarda o momento certo para germinar e tomar seu lugar dentro de toda essa minha complexidade.”
 
 
 
Ficha Técnica:
 
Interpretação e Roteiro
Hölle Carogne
 
Figurino
Andressa Passos, Hölle Carogne e Iaso Ruiz-Tagle
 
Poesia
Hölle Carogne
Trilha Musical
American Horror Story – Theme Song – Cesar Davila Irizarry and Charlie Clouser

Produção, filmagem e edição
Felipe De Marchi

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*