Comunicar pra revolucionar

DIREITOS HUMANOS

Direitos Humanos/Preconceitos/Racismo

Cartoon Network acrescenta uma superpoderosa negra e recebe comentários racistas

Cartoon Network, canal pago de desenhos infantis, acaba de acrescentar uma personagem nova no conhecido desenho Meninas Superpoderosas. A personagem se chama Blisstina, também conhecida como Bliss. Isso gerou comentários racistas na página. O motivo? A personagem é negra. Para celebrar a chegada da nova personagem, a marca criou uma estampa de camisa e colocou uma menina negra para estrelar o evento. Haters ficaram indignados com o fato de acrescentarem uma menina negra à série. Os comentários mais curtidos são todos de pessoas raivosas.   “Vocês não podem estar falando sério, a Bliss é pansexual e feminista também? Eu não… … Leia Mais

Cultura/Feminismo/Religião

Um olhar feminista sobre o candomblé.

Pensar uma ótica feminista sobre o culto aos Orixás, não significa dizer que o Candomblé é uma tradição religiosa pautada pela perspectiva revolucionária da ausência do patriarcado. O candomblé é uma reorganização do culto às divindades africanas aqui no Brasil, ou seja, embora sendo essencialmente de natureza africana, é ainda, reorganizado dentro de uma estrutura que se fundou sob os pilares europeus, logo, sofrendo a influencia do patriarcado europeu e cristão que aqui se consolida, em contrapartida, uma tradição construída por mulheres e que, o feminino ocupa grande lugar de destaque na prática e na mitologia. Em África também há… … Leia Mais

Sustentabilidade

Ambiental/Cultura/Eco

A revolução será wiki!

“Você não muda as coisas lutando contra o modelo vigente. Para mudar algo, construa um novo modelo que torne o modelo existente obsoleto” Buckminster Fuller

Wiki… o que?

Conhece a Wikipedia, a enciclopédia on line surgida em 2001?
Sabia que ela não tem dono?
Bem, não um ‘dono’ no sentido tradicional, afinal ela é construída diariamente de forma colaborativa por milhões de pessoas espalhadas em centenas de países! Ela é livre e de domínio público, então não é de ninguém, e é de todo mundo! E o mais incrível, parece CAOS, mas funciona! Atingiu a façanha de ser dez vezes maior que a Encyclopedia Britannica em dez vezes menos tempo!

A ultra moderna enciclopédia cresceu a partir de um desejo em comum, a informação livre, e ganhou corpo através de milhares de ações desapegadas com relação ao tempo e ao conhecimento. Hoje ela possui uma enorme importância, e, veja bem, sua valoração não é de cunho financeiro! Foram as pessoas que fizeram a Wikipédia ser a grandiosidade que é, e isso sem precisar de estruturas tradicionais tipo hierarquia, ordenamento, comando ou qualquer outro gerenciamento vertical.

A Wikipedia, e todos os outros projetos da Fundação Wikimedia, provam que a internet é HORIZONTAL e que é capaz de promover a redução brutal de custos, aumentar o fluxo de conhecimento, recriar tudo infinitas vezes, distribuir de forma igual e chegar a muito mais pessoas com menor custo. E isso só é possível quando o que está em primeiro plano é a colaboração, o cuidado e o interesse auto movidos!

Revolução de valores

Facilitada pela tecnologia crescente e cada vez mais acessível, a internet trouxe o aumento da interação humana através da conectividade. Essa tal interconectividade, e a consequente rapidez com que espalha informações, vem quebrando barreiras e estruturas arraigadas em todas as esferas humanas. A atual forma de geração e distribuição de conhecimento está mudando o comportamento das empresas e dos consumidores, e mudando até a natureza daquilo que consideramos ‘produto’ ou ‘economia’!

E com essa mudança de paradigma estamos mexendo nas ‘chaves’. Giramos as nossas chaves mentais para uma nova consciência: do uno para o multi, do meu para o nosso. E ao começarmos a alterar nossa realidade, iniciamos também a troca da posse das “chaves do mundo”. Antes, elas ficavam escondidas em alguns bolsos, mas já estão ficando acessíveis a todas as mãos que querem ter acesso a estas chaves.

Vamos aos poucos revertendo o visível declínio que nossa civilização atingiu nos últimos séculos, pois estão sendo disparadas as múltiplas possibilidades de soluções daqueles aparentemente “grandes e insolvíveis problemas” do planeta! Estamos largando o EGO e contribuindo com o ECO!

Eco ou ego?

Sabemos que ECO vem do grego oikos = casa, e NOMIA vem de nomos = gestão. ECO juntando-se a LOGIA, que vem de logus = razão, saber, linguagem, origina o termo ecologia, o ‘conhecimento da casa’.

Se pensarmos bem, os conceitos de ecologia e economia estão transmutando, porque estão em crise. O termo ecologia popularmente sempre foi visto como algo apartadado das gentes, e a economia nunca foi mesmo “econômica” e muito menos acessível aos reles mortais. E sabe por que os dois estão dando chiliques? Simples!
Porque não é possível obter resultados melhores se repetimos sempre os mesmos vícios de mentalidade, né?!  Hááh, isso até o titio Einstein já dizia!

insanidade-eisntein

Mas quem foi que deixou os outros arrumarem e gerenciarem nossa própria casa por tanto tempo??

Pense em como é difícil para uma pessoa só manter um cafofo arrumado, quando os outros que compartilham do mesmo espaço, não tem interesse na dinâmica organizacional como um todo? Enquanto um tenta arrumar, os outros jogam coisas no chão, não ajudam na varrição, não sabe encontrar ou guardar nada, e pior, não tem noção do custo e do trabalho que dá manter tudo nos eixos! Joga-se o peso da responsabilidade nas costas de um só e depois haja reclamação de que está tudo sujo e bagunçado, e ainda exige-se o direito de ver tudo lindo e cheiroso… Entendeu a analogia?

Sim, a CASA é nossa, tomemos a chave de volta e vamos arrumar tudo no lugar!
Nada de preguiça e chega de bagunça! Ai, ai, ai!

egosistema-ecosistema
Vamos virar a chave?

Wiki… o que mesmo?

Foi então que surgiu a WIKINOMIA, junção da palavra economia + wiki (rapidez, multiplicidade).  A wikinomia é a economia baseada na troca de informações de forma aberta e sem comando ou origem, que gera participação espontânea, compartilhamento tipo ganha-ganha, interesse coletivo e cuidado mútuo! E ela veio mudar esse padrão de concentração e centralização, pois já percebemos a ineficiência e as restrições desse atual sistema gerenciado de CIMA para BAIXO, onde há controle e manipulação de tudo e de todos.

Nessa nova economia (que completou 10 anos!), os recursos podem ser abundantes, pois é através de interações humanas que se criam redes, que geram colaboração, que promove criatividade, que produz mais recursos e… tudo se multiplica! Essa nova proposta, modelo ou paradigma é antes de tudo uma revolução na forma como nos relacionamos, conosco e com o mundo.  Agora, na wikinomia, nós mesmos gerenciamos os NOSSOS recursos, sejam eles financeiros, humanos, culturais, ambientais, etc. Agora buscamos uma economia que esteja ao lado da vida, e não uma economia que suga a vida! E assim aprenderemos a cuidar de nós mesmos e da nossa casa!

Choque de geraçõeswikinomia-image-1

O único sistema que está resistindo a todas estas revoluções do nosso tempo, sabe qual é? Justamente o setor financeiro. A noção de “concentração = poder” ainda é muito forte no segmento.
Só que eles esqueceram-se de dois pequenos detalhes: dinheiro é um valor atribuído, e nós somos aqueles que mudam o MUNDO!


Artigo original de Moni Abreu sob Licença da Creative Commons

Publicado também no blog Novos Urbanos e no Medium

Arte

Feminismo

Cultura/Feminismo/Religião

Um olhar feminista sobre o candomblé.

Pensar uma ótica feminista sobre o culto aos Orixás, não significa dizer que o Candomblé é uma tradição religiosa pautada pela perspectiva revolucionária da ausência do patriarcado. O candomblé é uma reorganização do culto às divindades africanas aqui no Brasil, ou seja, embora sendo essencialmente de natureza africana, é ainda, reorganizado dentro de uma estrutura que se fundou sob os pilares europeus, logo, sofrendo a influencia do patriarcado europeu e cristão que aqui se consolida, em contrapartida, uma tradição construída por mulheres e que, o feminino ocupa grande lugar de destaque na prática e na mitologia. Em África também há… … Leia Mais

As guerreiras cor de rosa

Para quem acha que uma única cor sintetiza o que é ser mulher, não sabe ainda como é possível perverter o status quo!   Índia Um país cuja extensão territorial é menos da metade do Brasil, mas que abriga nada menos do que 1,252 bilhões de pessoas, quase dezessete vezes o numero de brasileiros! Visualize: a densidade demográfica do Brasil é de 23,8 habitantes por km quadrado, na índia é 395,40 hab/km². Sabe-se que a violência contra as mulheres é comum no mundo todo, mas na Índia, os índices estão acima da média mundial. São comuns a tradição ilegal dos… … Leia Mais

Pop Veja tudo

Arte/Cultura/Entrevistas/Literatura

Profissional de números e amante de letras

“Técnico em Eletrotécnica, Bacharel em Matemática, atuando como Analista de Sistemas, casado e com dois filhos”. Essa poderia ser uma definição simplista da vida de Ademir Moreno Aguilar, mas, por trás de seus olhos claros e seu sorriso espontâneo, há muito mais do que um mero homem trabalhando com as ciências exatas. Ele ganha a vida com os números, mas tem sua verdadeira paixão nas letras: escreve livros infantis, contos e crônicas por puro prazer. Sua história com a escrita vem de muito cedo, mas começou para valer quando ele estava no cursinho. Acostumado aos textos burocráticos das redações de… … Leia Mais

Celebridades/Cinema/Curiosidades

7 atores que poderiam ter conseguido o papel (…)

7 atores que poderiam ter conseguido o papel   Em Hollywood, é como dizem, tudo é uma questão de sorte. Produções atrasam, atores entram e saem dos papéis e poucos tem a sorte da Margot Robbie que foi escolhida especificamente para interpretar a namorada do Coringa, Arlequina no esperado Esquadrão Suicida. Outros atores têm que se contentar com castings, testes de "química" com outro colega de profissão e a chance real de que seu projeto vá direto para as estantes de locadoras mais próximas. Por isso, nesta matéria, conheceremos atores e atrizes que eram destinados para interpretarem estes personagens, mas a… … Leia Mais

Arte/Beleza/Cinema/Fotografia/Retrô

(Ir) Real Project – Cabaret O Musical

Projeto da fotógrafa Nany Festa com a maquiadora Savana Sá, que consiste em releituras de seriados, musicais, quadrinhos, videogames e afins, com edições mensais. O projeto (Ir) Real nasce da ideia de misturar a ficção com a realidade. Foi no final de 2014, que as mentes pensantes da fotógrafa Nany Festa e da talentosa maquiadora Savana Sá, decidiram então colocar em ação todas as suas inspirações, criando assim o projeto. A segunda edição do projeto trouxe Cabaret O Musical. A modelo Grazzie Borges é a cantora Sally Bowles, que na versão de sucesso brasileira é interpretado pela atriz Claudia Raia. Todo contexto gira… … Leia Mais

Celebridades/Pop

Sam Simon, co-criador de Os Simpsons, faleceu ontem aos 59

Sam Simon, escritor de comédia e produtor que co-criou Os Simpsons, faleceu no último domingo (9), com a idade de 59 anos, de câncer de cólon. Segundo o site Elite Daily, ele estava em sua casa em Los Angeles , na companhia de sua família e de seu cão de estimação. Simon teve uma carreira brilhante no show business, chegou, inclusive, a ganhar nove prêmios Emmy por seu trabalho em Os Simpsons e seu precursor, The Tracey Ullman Show. Ele também escreveu para inúmeras comédias aclamadas pela crítica, tais como Cheers e Taxi, de acordo com o site Refinery 29,… … Leia Mais

Ciência

Ciência/Política

Uma Pessoa fora do Perfil

Recentemente, Michel Temer convidou Marcos Pereira, Bispo de Igreja Universal do Reino de Deus, para ocupar o cargo de Ministro da Ciência e Tecnologia, caso ascendesse ao cargo de Presidente da República. Todo mundo torceu o nariz. Qualquer pessoa de qualquer religião pode assumir qualquer cargo não exclusivo. Por exemplo, um padre NÃO PODE assumir cargo de rabino e vice-versa, mas qualquer um dos dois pode ser professor de matemática ou médico. Então, o convite de Michel Temer não representa um problema a princípio. Entretanto, examinando uma entrevista de Marcos Pereira à Folha e ao UOL, percebemos que ele demonstrou… … Leia Mais

Ciência/Culinária

Um pedaço do espaço

Heather Laird não é uma padeira qualquer. Ela começou o blog “Sprinkle Bakes” em 2009, já publicou alguns livros de culinária e em qualquer oportunidade atesta seu amor sobre doces. Ela também é fã do telescópio Hubble, tanto que ela se sentiu inspirada para criar um bolo de nebulosa. Antes de me apaixonar por cozinhar, eu era um aspirante a artista. Por anos eu trabalhei em galerias de arte com artistas de todos os matizes: pintores, escultores, sopradores de vidro e artistas têxteis que o amor tem traduzido para o uso de técnicas de arte em todos os tipos de… … Leia Mais

Vacinação não causa autismo

  Então… Eu precisava falar sobre isso. Infelizmente várias pessoas – e não são pessoas comuns, pessoas envolvidas na mídia e na política – tem falado sobre como autismo é causado por vacinas. Até mesmo o pré-candidato à presidência dos EUA Donald Trump afirmou em rede nacional que vacinas precisam ser combatidas pelos males que trazem às crianças e como podem causar autismo. Chega a ser surreal. Não só não há nenhuma evidência que mostre alguma relação entre vacinação e autismo, como é uma forma bem ingênua de enxergar a situação. Existem diversos casos de crianças que não são vacinadas… … Leia Mais

Geek

Games/Geek/Sem categoria

Por dentro do jogo: The Elder Scrolls Online (ESO)

Neste artigo vamos descrever um pouco de um dos mais esperados MMORPGs dos últimos tempos desde seu lançamento em abril de 2014. Eu digo isso, pois a espera não foi pelo lançamento em si, mas sim pelo dia em que decidiram abolir a cobrança mensal. Hoje, ESO não é mais pago mensalmente, embora exista essa opção (em troca de uma "mesada" de moedas especiais), você pode comprá-lo num “one time fee”, pagar uma só vez, e pronto, jogar à vontade. Vamos analisar vários aspectos do jogo, inclusive sobre conteúdo pago e o magnífico sistema PVP adiante. O que tem para… … Leia Mais

Feminismo/Games

FIFA 16 com futebol feminino e a representação da mulher nos games

Recentemente a Eletronic Arts anunciou que o próximo game da série FIFA vai contar com as modalidades de futebol masculino e feminino. Essa novidade foi muito bem recebida pela comunidade gamer, apesar de alguns comentários de cunho machista que foram desferidos na internet. O que é totalmente incoerente, já que na vida real também existem jogadoras de futebol, assim como em todos os âmbitos da vida. Então, por que deixar as mulheres de fora? O mercado A resposta para essa pergunta com certeza não está nos números. Pode até ser verdade que, de início, o número de jogadores era maior.… … Leia Mais

Games/Geek

A Febre dos Jogos Espaciais

Quando o homem pisou na Lua pela primeira vez, no dia 20 de julho de 1969, o espaço sideral, que já era um mistério intrigante para a humanidade, passou a habitar definitivamente o imaginário popular. Isso veio a se refletir nos anos que se seguiram a esse acontecimento histórico. Assim como o mar já foi um grande desafio para os exploradores europeus há séculos e se tornou tema de diversos livros, poemas e histórias da época, as fronteiras do universo também aguçaram a curiosidade dos produtores de entretenimento. Durante toda a década de 1970 e o começo dos anos 80,… … Leia Mais

Comportamento/Crônicas/Geek/Literatura

Casualidades: o velho, o novo e possíveis (re/des)encontros

Imagem: http://www.stockpholio.com/view/image/id/4857693316#!Sea+Change Acordo, faço meu asseio e desjejum. Parto em mais uma jornada matinal e rotineira. Como de praxe, estou acompanhado por alguma boa-amizade nos momentos que me permito abdicar da adorada solidão. Neste dia vinha pois Fernando, junto a mim. Incomumente pegamos condução terrestre, para uma parada atípica e necessária neste dia. Cumprida tal obrigação, partimos, novamente pela estrada. Pago o valor, sentamo-nos. Ao nosso lado, uma mulher, nem feia nem bela, tinha certo charme, pele morena, cabelos longos, uniforme de trabalho – camisa vermelha e calça preta. Nem deu por nossa presença, aprisionada que estava ao seu grilhão.… … Leia Mais

Saúde

Precisamos falar sobre suicídio

Hoje à tarde recebi a notícia estarrecedora de que mais uma de nós havia partido. Carolina Gomes tinha 26 anos e era mais uma dentre as milhares de jovens mulheres brasileiras que lutam contra a depressão. Para quem acompanhou o caso divulgado publicamente nas redes sociais, pôde perceber o tom sórdido vindo das declarações da própria família da vítima. Em sua mensagem de despedida, Carolina dirige-se à mãe, a quem alega tê-la incentivado a tomar mais de cem comprimidos em tentativas anteriores. Vasculhando o histórico de Carolina e as alegações da própria família sobre o comportamento da jovem, percebe-se um indício alarmante que havia sido até então… … Leia Mais

Placeholder
Ambiental/Eco/Saúde

Veneno a cada xícara de café

Sabe aquele seu delicioso cafezinho? Ele acaba de ganhar o ‘direito’ (ou a imposição?) de carregar mais um veneno para a sua xícara. O Ministério da Agricultura liberou o registro do herbicida Heat, produzido pela Basf, para ser usado na cultura do café. O produto já era utilizado nas produções de cana, milho e soja para exterminar as plantas de folhas largas como a buva, a trapoeiraba e a corda-de-viola, isto é, para o controle daquilo que a cultura da “revolução verde” chamou de plantas invasoras ou daninhas. O produto foi lançado após tornar-se flagrante que diversas destas plantas sem interesse… … Leia Mais

O maior desastre natural da história do Canadá

A cidade de Fort McMurray acordou no domingo, dia 1º de maio, com o maior incêndio da história do país. Os 100 mil habitantes foram evacuados da região e dezenas de milhares deixaram o local em mais de 300 voos para Edmonton, a capital da província de Alberta, no Canadá. O fogo consumiu mais de mil km² de florestas e uma área total maior do que a cidade de São Paulo, com cerca de 1,6 mil km² de extensão. A fumaça foi vista do espaço, chegando a cobrir parte dos EUA. Apesar de catastrófico, não foram registrados mortes e as… … Leia Mais

Vacinação não causa autismo

  Então… Eu precisava falar sobre isso. Infelizmente várias pessoas – e não são pessoas comuns, pessoas envolvidas na mídia e na política – tem falado sobre como autismo é causado por vacinas. Até mesmo o pré-candidato à presidência dos EUA Donald Trump afirmou em rede nacional que vacinas precisam ser combatidas pelos males que trazem às crianças e como podem causar autismo. Chega a ser surreal. Não só não há nenhuma evidência que mostre alguma relação entre vacinação e autismo, como é uma forma bem ingênua de enxergar a situação. Existem diversos casos de crianças que não são vacinadas… … Leia Mais

Sexo

Cartoon Network acrescenta uma superpoderosa negra e recebe comentários racistas

em Direitos Humanos/Preconceitos/Racismo por

Cartoon Network, canal pago de desenhos infantis, acaba de acrescentar uma personagem nova no conhecido desenho Meninas Superpoderosas. A personagem se chama Blisstina, também conhecida como Bliss. Isso gerou comentários racistas na página. O motivo? A personagem é negra. Para celebrar a chegada da nova personagem, a marca criou uma estampa de camisa e colocou uma menina negra para estrelar o evento. Haters ficaram indignados com o fato de acrescentarem uma menina negra à série. Os comentários mais curtidos são todos de pessoas raivosas.   “Vocês não podem estar falando sério, a Bliss é pansexual e feminista também? Eu não…

Leia Mais

Nazismo é de esquerda ou de direita?

em Featured/Política por

O nazismo ressurgiu em algumas ruas do mundo, mas principalmente na boca do povo. Com isso aparece novamente o debate: nazismo é de direita ou esquerda? E fica outra questão a ser respondida: Esse é um debate relevante? Por essa questão o texto a seguir foi desenvolvido. Qualquer definição histórica, política, é uma forma de categorizar e tipificar comportamentos individuais ou de massa de momentos específicos, podendo seguir uma auto-declaração dos movimentos envolvidos ou uma categorização externa. E isso é relevante? Para responder precisamos ir além: História é relevante? Se você percebe se encontrar em uma categoria cuja movimentação levou…

Leia Mais

Um olhar feminista sobre o candomblé.

em Cultura/Feminismo/Religião por

Pensar uma ótica feminista sobre o culto aos Orixás, não significa dizer que o Candomblé é uma tradição religiosa pautada pela perspectiva revolucionária da ausência do patriarcado. O candomblé é uma reorganização do culto às divindades africanas aqui no Brasil, ou seja, embora sendo essencialmente de natureza africana, é ainda, reorganizado dentro de uma estrutura que se fundou sob os pilares europeus, logo, sofrendo a influencia do patriarcado europeu e cristão que aqui se consolida, em contrapartida, uma tradição construída por mulheres e que, o feminino ocupa grande lugar de destaque na prática e na mitologia. Em África também há…

Leia Mais

Precisamos falar sobre suicídio

em Autocrítica/Comportamento/Direitos Humanos/Psicologia/Saúde por

Hoje à tarde recebi a notícia estarrecedora de que mais uma de nós havia partido. Carolina Gomes tinha 26 anos e era mais uma dentre as milhares de jovens mulheres brasileiras que lutam contra a depressão. Para quem acompanhou o caso divulgado publicamente nas redes sociais, pôde perceber o tom sórdido vindo das declarações da própria família da vítima. Em sua mensagem de despedida, Carolina dirige-se à mãe, a quem alega tê-la incentivado a tomar mais de cem comprimidos em tentativas anteriores. Vasculhando o histórico de Carolina e as alegações da própria família sobre o comportamento da jovem, percebe-se um indício alarmante que havia sido até então…

Leia Mais

O Pedido de Desculpas

em Comportamento/Psicologia por

A contrário do que muitos imaginam, o pedido de desculpas não é uma demonstração de arrependimento, mas sim um ato de manipulação. Há quem esteja arrependido e há quem não esteja. A intenção de ambos é fazer a parte afetada negativamente não querer reparação, punição ou as duas coisas juntas, e se comportar como se comportava antes de ser prejudicada. Falar chorando, implorar e se humilhar são reforços para esta manipulação. A gente nunca sabe quem está ou não arrependido, mas é normal todos estarem com medo das reparações e punições. Conceder perdão é uma declaração de que não haverá…

Leia Mais

O Pesar dos Outros

em Comportamento/Psicologia por

A coisa mais normal que existe é sentir algum pesar por causa da morte ou tragédia de alguém por quem nutrimos alguma simpatia, que pode ser alguém famoso ou algum parente. A coisa mais normal que existe é não sentir absolutamente nada por causa da morte ou tragédia de alguém que nos é desconhecido ou sem importância, como alguém famoso de que quase nunca ouvimos falar ou algum parente distante. Só não é “a coisa mais normal que existe” condenar o pesar de alguém. Cada pessoa tem seus próprios focos de admiração, baseados em sua própria história de vida. Todos…

Leia Mais

A revolução será wiki!

em Ambiental/Cultura/Eco por

“Você não muda as coisas lutando contra o modelo vigente. Para mudar algo, construa um novo modelo que torne o modelo existente obsoleto” Buckminster Fuller Wiki… o que? Conhece a Wikipedia, a enciclopédia on line surgida em 2001? Sabia que ela não tem dono? Bem, não um ‘dono’ no sentido tradicional, afinal ela é construída diariamente de forma colaborativa por milhões de pessoas espalhadas em centenas de países! Ela é livre e de domínio público, então não é de ninguém, e é de todo mundo! E o mais incrível, parece CAOS, mas funciona! Atingiu a façanha de ser dez vezes…

Leia Mais

Veneno a cada xícara de café

em Ambiental/Eco/Saúde por

Sabe aquele seu delicioso cafezinho? Ele acaba de ganhar o ‘direito’ (ou a imposição?) de carregar mais um veneno para a sua xícara. O Ministério da Agricultura liberou o registro do herbicida Heat, produzido pela Basf, para ser usado na cultura do café. O produto já era utilizado nas produções de cana, milho e soja para exterminar as plantas de folhas largas como a buva, a trapoeiraba e a corda-de-viola, isto é, para o controle daquilo que a cultura da “revolução verde” chamou de plantas invasoras ou daninhas. O produto foi lançado após tornar-se flagrante que diversas destas plantas sem interesse…

Leia Mais

Comida que MATA!

em Ambiental/Comportamento/Cultura/Eco/Educação por

Estamos comprando COMIDA QUE MATA! Leite em pó não é leite, café solúvel nem é café, ninguém deveria ingerir produtos sem vida, porque somente a vida gera mais vida. Produto morto só gera morte. Margarina não e ‘manteiga vegetal’, é bomba química. Refrigerante não e bebida, é limpa vaso sanitário. Tempero sazon/knorr para “economizar” seu tempo? Não, ele só serve para te dar uma morte lenta e dolorosa. Quer uma velhice cheia de dores, sem memória e/ou sem controle motor? Coma porcarias! A comida deixou de ser alimento e remédio e passou a ser um produto industrial tóxico. Tão tóxico…

Leia Mais

Não existe existencialismo na miséria

em Crônicas por

Hoje, ao chegar à faculdade, só pensava na liquidez do século XXI. Tudo que vinha à minha cabeça era Zygmunt Bauman e o sufocamento que os espaços enclausurados me causam. No entanto, após assistir ao documentário “Garapa”, do diretor José Padilha, percebi que a liquidez é um luxo, do qual eu, uma garota pertencente à pequena parcela privilegiada do país, pode desfrutar. O documentário foi filmado no interior do estado do Ceará e acompanha a realidade de três famílias que, segundo a FAO (ramificação da ONU que lida com a questão da agricultura e da fome no Mundo), sofrem de…

Leia Mais

1 2 3 31

Login

Registrar | Perdeu sua senha?
Vá para o INÍCIO